Socialista Pedro Sánchez é eleito novo presidente do Governo espanhol

Madri, 1 jun (EFE).- O socialista Pedro Sánchez foi eleito nesta sexta-feira como novo presidente do Governo da Espanha, após obter o aval da maioria dos membros do Congresso dos Deputados a uma moção de censura para tirar do poder o conservador Mariano Rajoy, que ocupava o cargo desde dezembro de 2011.

A moção apresentada pelo Partido Socialista Operário Espanhol (PSOE), do qual Sánchez é secretário-geral, recebeu 180 votos dos 176 necessários para ser aprovada em um Parlamento com 350 cadeiras. Outros 169 deputados votaram contra, e houve uma abstenção.

Para assumir o governo, Sánchez teve que contar com apoio fragmentado, já que seu partido tem apenas 84 deputados, menos da metade da maioria. Por fim, além da bancada socialista, ele recebeu os votos da coalizão de esquerda Unidos Podemos e dos blocos nacionalistas e independentistas do País Basco e da Catalunha.

Os parlamentares que reprovaram a moção foram os do Partido Popular (PP), liderado por Rajoy, e os do Ciudadanos, e a abstenção foi de uma deputada da Coalizão Canária.

Após a votação, Rajoy parabenizou Sánchez e saiu do plenário seguido por seus correligionários, enquanto na bancada se ouvia gritos de comemoração dos parlamentares do Unidos Podemos.

Os socialistas justificaram a moção para derrubar o governo Rajoy com o argumento de que o agora ex-mandatário não assumiu as responsabilidades políticas cabíveis depois que a Justiça espanhola condenou o PP por ter participado de um escândalo de corrupção.

Pedro Sánchez tornou-se o sétimo presidente do Governo espanhol e o terceiro socialista desde a restauração da democracia no país, ocorrida em 1977.

O novo governante comprometeu-se hoje a "atender as urgências sociais", assim como a combater a desigualdade e a assumir os compromissos de estabilidade orçamentária com a União Europeia.

Antes da votação, Mariano Rajoy afirmou que aceita "como democrata" o resultado da moção de censura, embora sem concordar "com o que foi feito".

A presidente do Congresso, Ana Pastor, comunicará ao rei Felipe VI oficialmente o resultado da votação, que será publicado no Diário Oficial. Após este passo, Sánchez tomará posse como novo presidente do Governo, provavelmente neste fim de semana.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos