PUBLICIDADE
Topo

Islamabad confirma morte de líder dos talibãs paquistaneses

21/06/2018 09h48

Islamabad, 21 jun (EFE).- O porta-voz do Ministério das Relações Exteriores do Paquistão, Mohammad Faiçal, confirmou nesta quinta-feira a morte do líder dos talibãs paquistaneses, o mulá Fazlullah, há uma semana em um bombardeio americano no leste do Afeganistão.

"Sim, confirmo", respondeu Faiçal em entrevista coletiva em Islamabad à pergunta de se podia confirmar a morte em solo afegão do insurgente que liderava o principal grupo talibã do país, o Tehreek-e-Taliban Paquistan (TTP), desde 2013.

O porta-voz rejeitou dar detalhes sobre a morte de Fazlullah ou de como seu país confirmou sua morte no país vizinho, mas avaliou a importância da sua eliminação.

"A morte do terrorista mulá Fazlullah é um passo significativo na luta contra o terrorismo. A notícia da sua morte foi recebida com alívio no Paquistão", disse Faiçal.

O ministério da Defesa afegão revelou na semana passada que Fazlullah morreu na quinta-feira em um bombardeio de um avião não tripulado das forças americanas na conhecida como Linha Durand (fronteira afegão-paquistanês), na província afegã de Kunar.

O TTP não confirmou a morte de seu líder, que já foi dado como morto em ocasiões anteriores.