PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Presidentes de Índia e Cuba se reúnem para estreitar cooperação

22/06/2018 13h15

Havana, 21 jun (EFE).- O presidente da Índia, Ram Nath Kovind, primeiro líder desse país a visitar Cuba após a vitória da Revolução (1959) se reuniu nesta sexta-feira em Havana com seu colega cubano, Miguel Díaz-Canel, para estreitar as relações bilaterais e assinar acordos de cooperação.

Ambos os dirigentes, reunidos no Palácio da Revolução, escutaram os dois hinos nacionais e, após o protocolar desfile militar, passaram revista às tropas e trocaram apertos de mãos com os membros das suas respectivas delegações.

Espera-se que Kovind e Díaz-Canel certifiquem quatro memorandos de entendimento em matéria de saúde, especificamente nas áreas de biotecnologia e medicina tradicional, assim como em energias renováveis.

Antes do encontro com o governante cubano, Kovind iniciou sua agenda oficial em Havana com duas cerimônias nas quais depositou flores aos pés das estátuas dedicadas ao herói nacional cubano José Martí e ao histórico dirigente independentista indiano mahatma Gandhi.

Kovind também realizou um percurso pelo Centro de Engenharia Genética e Biotecnologia de Cuba, no oeste da capital.

Para encerrar sua visita oficial a Cuba - terceira escala de uma viagem que o levou antes da Grécia e do Suriname - Kovind dará a aula "A Índia e o sul global" na Universidade de Havana.

Por ocasião da visita de Kovind, a imprensa estatal cubana destacou o "alto nível" de cooperação entre Cuba e Índia em assuntos multilaterais e trocas mútuas de candidaturas, e destacaram a rejeição da Índia ao embargo comercial imposta pelos Estados Unidos ao país.

No ano passado o Governo indiano enviou a Cuba uma doação de um milhão de dólares em remédios e equipamentos médicos, e outro com dinheiro para atenuar os estragos do devastador furacão Irma.

Mais recentemente, em fevereiro o país asiático despachou para o caribenho um lote de equipamentos agrícolas avaliados em US$ 5 milhões para impulsionar a cooperação bilateral no setor agropecuário, um dos âmbitos nos quais se tem oferecido para investir em turismo, construção, biotecnologia e indústria farmacêutica.

Por sua vez, Cuba apoiou a entrada da Índia como membro permanente em um Conselho de Segurança da ONU ampliada, e ambos os países são membros fundadores do Movimento de Não Alinhados.

Internacional