PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Líder catalão afirma nos EUA que trabalhará por reconhecimento internacional

26/06/2018 23h02

Washington, 26 jun (EFE).- O presidente da Catalunha, Quim Torra, disse nesta terça-feira em Washington que seu governo trabalhará até efetivar a independência dessa região do nordeste da Espanha e conseguir seu reconhecimento internacional.

"República é sinônimo de liberdade. Na Catalunha os conceitos de república, democracia e liberdade já não são complementares, mas são sinônimos. Não pararemos de trabalhar até que estes três conceitos sejam reconhecidos internacionalmente como uma realidade", afirmou Torra.

O presidente catalão fez estas declarações poucas depois de aterrissar em Washington durante a inauguração do Catalonia America Council, um grupo de pressão para defender os interesses da Catalunha nos Estados Unidos e fundado pelo ex-delegado dessa região em Washington, Andrew Davis.

Davis, como os demais delegados catalães no exterior, foi destituído pelo governo de Mariano Rajoy após a intervenção ocorrida na região depois da fracassada declaração unilateral de independência proclamada na Catalunha em outubro do ano passado.

No seu discurso, Torra disse que a Catalunha "tem que tornar efetivo o mandato" emanado do referendo realizado no último dia 1º de outubro e mostrou seu "convencimento" de que "em breve" conseguirá ser um Estado independente.

"Hoje, na capital dos Estados Unidos, onde se avalia a liberdade e a dignidade para as pessoas, quero proclamar que tenho, além de toda esperança, o convencimento de que em breve a Catalunha se unirá ao resto das nações independentes do mundo. Sem dúvida conseguiremos", destacou Torra.

O presidente catalão aproveitou a ocasião para lembrar que seu governo aprovou hoje a reabertura de seis delegações internacionais, incluindo a dos Estados Unidos, e afirmou que seus trabalhadores foram "injustamente destituídos" pelo Executivo de Rajoy.

"O governo espanhol quis silenciar-nos fechando nossas delegações no exterior, mas que ninguém tenha a menor dúvida de que estas delegações (as dos EUA) e as demais delegações voltarão a ser abertas o mais rápido possível", assegurou.

Torra chegou hoje a Washington para participar nesta quinta-feira da inauguração do Smithsonian Folklife, um festival anual organizado pelo instituto Smithsonian, a maior rede de museus e espaços culturais dos Estados Unidos, no qual a cultura catalã é a convidada da atual edição.

Internacional