PUBLICIDADE
Topo

Menor conduzia ônibus em acidente que deixou 9 mortos na Guatemala

26/06/2018 21h16

Cidade da Guatemala, 26 jun (EFE).- A porta-voz do Ministério Público da Guatemala, Julia Barrera, confirmou nesta terça-feira à Agência Efe que era um menor de idade que conduzia o ônibus que caiu em um rio e que deixou pelo menos nove mortos e mais de 30 feridos na quinta-feira passada nesse país.

"Essa é a informação preliminar que se tem e que foi confirmada por algumas testemunhas do fato", disse Barrera, que indicou que o jovem, de 17 anos, está hospitalizado, embora se desconheça seu estado de saúde.

Por enquanto não foi determinado por que o adolescente, cujo pai e motorista do ônibus morreu no acidente, era quem conduzia o veículo, motivo pelo que será levado a uma audiência que será privada por tratar-se de um menor de idade.

A imprensa local denuncia que o motorista do ônibus e pai do adolescente estava em estado de embriaguez, motivo pelo qual supostamente cedeu o volante ao seu filho.

Na quinta-feira passada, pelo menos nove pessoas morreram e mais de 30 ficaram feridas quando o ônibus caiu em um rio na aldeia La Libertad Balchetre do município de San Miguel Ixtahuacán, no departamento de San Marcos.

O ônibus ficou com os pneus para cima no barranco, de cerca de 70 metros por onde passa o rio, e no seu interior viajavam estudantes que iriam participar de um evento esportivo.