PUBLICIDADE
Topo

Polícia identifica 2º suspeito do assassinato do rapper XXXTentacion

27/06/2018 13h59

Miami, 27 jun (EFE).- As autoridades do condado de Broward, no sudeste da Flórida, identificaram um segundo suspeito da morte do rapper XXXTentacion, que foi assassinado a tiros no dia 18 de junho na saída de uma loja de motos, segundo informou a imprensa local nesta quarta-feira.

Robert Allen, de 22 anos, foi classificado pelas autoridades como "pessoa de interesse" (suspeito) no caso relacionado ao assassinato do rapper americano Jahseh Onfroy, de 20 anos, conhecido no mundo da música como XXXTentacion.

Imagens de câmeras de segurança mostram Allen no exterior da loja de motos de Deerfield Beach pouco antes do assassinato do rapper em uma possível tentativa de roubo.

A polícia deteve poucos dias atrás Dedrick Williams, acusado de homicídio em primeiro grau por ser um dos supostos autores dos tiros que causaram a morte do rapper, que tinha nascido na cidade de Plantation, na Flórida, e tinha raízes egípcias, indianas, alemãs, jamaicanas e italianas.

Allen tem antecedentes penais e vários detenções no condado de Broward, uma deles em 2016 por fraudar a carteira de habilitação.

O funeral do artista está marcado para esta quarta-feira, assim como uma homenagem na arena BB&T Center, na cidade de Sunrise.

A mãe do cantor, Cleopatra Bernard, confirmou recentemente que a namorada do filho está grávida, o que considerou um "último presente" de XXXTentacion.

Jahseh Dwayne Onfroy, ou XXXTentacion, que tinha antecedentes por agressões e já havia sido internado em um centro correcional juvenil, estava à espera de um julgamento por agressão, violência doméstica e coação após ser denunciado pela ex-namorada Geneva Ayala.