PUBLICIDADE
Topo

Ataque em encontro de ativistas pela paz deixa 8 mortos no Afeganistão

28/06/2018 12h50

Cabul, 28 jun (EFE).- Pelo menos oito pessoas morreram e outras quatro ficaram feridas em um ataque realizado contra um grupo de ativistas pela paz na província de Logar, controlada pelos talibãs no leste do Afeganistão, afirmou à Agência Efe uma fonte oficial, apesar de um oficial da Polícia ter dito que se tratou de uma luta entre insurgentes.

De acordo com o porta-voz do Exército afegão, Fazal Khuda, uma explosão aconteceu ao meio-dia no distrito de Charkh, durante uma reunião de jovens ativistas.

"Os jovens estavam reunidos para apoiar a paz, quando uma bomba explodiu na reunião. Oito pessoas morreram e outras quatro ficaram feridas", explicou.

Hasibullah Stanekzai, membro do Conselho Provincial, afirmou que os jovens tinham ido até o vale em dois veículos de um comandante talibã, o mulá Naeem, acusado de envolvimento com o tráfico de drogas na província.

"De acordo com a minha informação nessa região, os mortos eram civis", disse.

Em comunicado, o Palácio Presidencial lamentou o "ataque terrorista" que deixou "vários compatriotas a favor da paz mortos e feridos". No entanto, um porta-voz da Polícia de Logar, Shapoor Ahmadzai, afirmou à Efe que o incidente foi, na realidade, uma disputa entre os combatentes de dois líderes talibãs, o mulá Naeem e o mulá Farid.

"Conforme o que me foi passado, não houve reunião pela paz e nenhum civil ficou ferido. Durante o tiroteio morreram 11 guerrilheiros insurgentes", disse.

Os talibãs não se pronunciaram sobre o caso.

Os protestos civis e outros movimentos pela paz aumentaram nos últimos meses no Afeganistão desde que o presidente, Ashraf Ghani, ofereceu um acordo de paz inédito aos talibãs em fevereiro para começar o processo de paz, mas os insurgentes recusaram.