PUBLICIDADE
Topo

Morre palestino ferido por tanque ao tentar se infiltrar em Israel

28/06/2018 08h11

Cidade de Gaza, 28 jun (EFE).- Um palestino de 17 anos morreu nesta quinta-feira por causa dos ferimentos provocados por fogo de um tanque de Israel, que atirou contra o rapaz esta manhã quando ele tentava se infiltrar pela fronteira a partir da Faixa de Gaza, informou o Ministério de Saúde do território.

"Abdul Fatah Abu Azoom morreu esta manhã por causa dos estilhaços de um projétil de um tanque do Exército israelense. Dois jovens tentavam se infiltrar na fronteira entre a cidade oriental de Rafah no sul, e Israel", detalhou o porta-voz do ministério, Ashraf al Quedra.

No começo da manhã, o Exército de Israel informou sobre a identificação de dois palestinos, que qualificou de "terroristas", e disse "que se arrastavam para a cerca de segurança em uma tentativa de atravessá-la a partir do sul da Faixa de Gaza para Israel".

"Como resposta, as tropas dispararam contra eles com um tanque e frustrou a tentativa de infiltração. Foram encontradas bombas incendiárias no local", segundo o comunicado israelense.

Desde que as mobilizações da Grande Marcha do Retorno começaram no dia 30 de março, 133 palestinos morreram, a maioria em manifestações, além de em incidentes violentos na zona divisória, onde aumentou o número de tentativas de atravessá-la.

Israel considera que estas sabotagens são realizadas para entrar em território israelense e cometer atentados.