PUBLICIDADE
Topo

Parentes de tripulantes de submarino argentino protestam acendendo velas

30/06/2018 01h20

Buenos Aires, 30 jun (EFE).- Alguns dos parentes dos 44 desaparecidos com o submarino argentina ARA San Juan, que se perdeu na águas do Atlântico no dia 15 de novembro do ano passado, acenderam velas em Buenos Aires como símbolo de esperança que o governo contrate uma empresa para realizar a busca.

"Acreditamos que lutando e estando aqui na rua em Buenos Aires poderemos encontrar a verdade. Queremos justiça por nossos familiares, queremos eles aqui, não importa de que maneira seja", manifestou a parente Lucía Zunda Meoqui, em declarações à Agência Efe.

Dezenas de familiares estão, desde a última quarta-feira, acorrentados na Praça de Maio, na capital argentina, para protestar pacificamente pela queda da licitação com a empresa que seria contratada para buscar o submarino desaparecido.

Ontem convocaram uma concentração onde pediram ao povo argentino que acendessem as velas como símbolo de esperança.

O ministro da Defesa, Oscar Aguad, prometeu nesta sexta durante um encontro com os familiares uma segunda reunião em Buenos Aires na próxima segunda-feira com uma resposta definitiva do presidente argentino, Mauricio Macri.