PUBLICIDADE
Topo

Explosão em armazém de pólvora deixa ao menos 12 mortos no México

05/07/2018 14h41

Cidade do México, 5 jul (EFE).- Pelo menos 12 pessoas morreram, entre elas bombeiros e policiais, em uma explosão ocorrida em um armazém de pólvora no município de Tultepec, informou nesta quinta-feira o governador do Estado do México, Alfredo del Mazo, que fica na região central do país.

Em um evento oficial, o governador lamentou o incidente, ocorrido no município conhecido popularmente como a capital mexicana da pirotecnia, onde foram registrados diversos incidentes deste tipo nos últimos anos.

"Há 12 mortes relatadas até o momento", afirmou o governador.

Del Mazo declarou que as secretarias estaduais de Governo, Segurança e Saúde se mobilizaram para chegar ao local e oferecer atendimento aos atingidos.

A Cruz Vermelha do Estado do México detalhou em seu perfil no Twitter que entre as vítimas há "bombeiros e policiais que salvaram muitas vidas em troca das suas, cumprindo com seus deveres no incidente".

A instituição afirmou que a explosão aconteceu na cidade da Saucera, para onde foram enviadas unidades de emergência de municípios próximos, como Cuautitlán, Coacalco e Ecatepec.

Todos os feridos já foram transferidos para diferentes hospitais da região.

No local do incidente continuam os trabalhos dos bombeiros e do pessoal de defesa civil, que fazem buscas entre os escombros para verificar se há mais vítimas.

Esta é a terceira explosão com vítimas mortais no mesmo município em menos de um mês.

Em 6 de junho, uma explosão em uma casa que supostamente era utilizada como armazém de artigos pirotécnicos deixou sete mortos e pelo menos oito feridos no município.

Dias depois, em 25 de junho, outra pessoa morreu e seis ficaram feridas em explosões ocorridas em um depósito e em duas fábricas de fogos.

O incidente mais grave registrado em Tultepec nos últimos anos ocorreu em dezembro de 2016, quando uma explosão no mercado local causou a morte de 42 pessoas.