PUBLICIDADE
Topo

MP da China acusa ex-vice-presidente da Comissão de Valores de corrupção

05/07/2018 09h16

Pequim, 5 jul (EFE).- O Ministério Público da China apresentou nesta quinta-feira acusações de corrupção contra o ex-vice-presidente da Comissão Reguladora do Mercado de Valores, Yao Gang.

Yao está sendo acusado de receber propina em troca de favores e de realizar operações com informações privilegiadas, segundo o texto de acusação apresentado pela promotoria de Handan, na província de Hebei, informou a agência oficial "Xinhua".

A investigação contra Yao começou em novembro de 2015 dentro da campanha anticorrupção lançada pelo presidente Xi Jinping.

Além disso, no ano passado foi anunciada uma investigação por corrupção contra o então presidente da Comissão Reguladora de Seguros, Xiang Junbo, que foi destituído do cargo e depois expulso do Partido Comunista da China (PCCh).

Nos últimos anos, milhares de funcionários chineses foram investigados, sancionados e condenados por crimes de corrupção, e o mais importante deles foi o ex-ministro de Segurança Pública Zhou Yongkang, condenado à prisão perpétua em 2015.