PUBLICIDADE
Topo

Mulher com granada de "lembrança" causa pânico em aeroporto de Viena

10/07/2018 09h22

Viena, 10 jul (EFE).- Um turista americaao que pretendia levar como lembrança uma antiga granada de mão suscitou o alarme no aeroporto internacional de Viena, que teve que ser parcialmente fechado na segunda-feira, informou nesta terça-feira a televisão pública.

Segundo a emissora "ORF", a mulher, de 24 anos, tinha encontrado a granada da Segunda Guerra Mundial no domingo em uma zona alpina do estado federado de Alta Áustria e pensou a princípio levar como lembrança de sua viagem.

No quarto do hotel, lavou o incomum "souvenir" para evitar que sujasse o conteúdo da mala, que no dia seguinte foi despachada no aeroporto de Viena, confirmou o porta-voz do aeroporto, Peter Kleemann.

Aparentemente, a turista ficou em dúvida se podia portar o objeto dentro da aeronave e resolveu consultar os fiscais alfandegários do terminal 3, o que causou certo pânico de o objeto explodir no local.

Imediatamente, a polícia fechou temporariamente parte do terminal e da sala de depósitos de malas, até que uma equipe de especialistas tirou a granada do recinto.

A Direção de Polícia da região de Baixa Áustria afirmou hoje que o incidente não afetou os voos e nem supôs riscos para os passageiros.

A turista teve que pagar uma elevada multa.