PUBLICIDADE
Topo

Sobe para 20 o número de mortos em atentado em comício no Paquistão

11/07/2018 06h09

Islamabad, 11 jul (EFE).- O número de mortos em um atentado suicida contra um comício eleitoral no noroeste do Paquistão aumentou nesta quarta-feira para 20, enquanto o número de feridos chega a 66, informou à Agência Efe, uma fonte da polícia.

"O número de mortos chegou a 20, enquanto 66 pessoas ficaram feridas", disse Arbaz Afridi, porta-voz da polícia de Peshawar, capital da província da Khyber Pakhtunkhwa, onde ocorreu o atentado ontem à noite.

Trata-se do primeiro atentado com mortos na campanha eleitoral para as eleições gerais do dia 25 de julho.

O massacre aconteceu quando um homem-bomba atacou um comício do Partido Nacionalista Awami (ANP), onde participava um de seus líderes, Haroon Bilour, que faleceu no ataque.

O pai de Bilour foi assassinado em outro atentado suicida em 2012, da mesma forma que outros membros desta formação laica do noroeste do país, frequente alvo dos talibãs ao longo dos últimos anos.

O ANP é um partido laico e moderado que representa os pashtuns, etnia majoritária entre os talibãs e de grande parte da população em Kyber Pakhtunkhwa. O grupo faz atualmente parte da oposição na província depois de governá-la entre 2008 e 2013.

Afridi disse que quando os feridos foram transferidos ontem à noite para o Hospital Lady Reading, membros do ANP protagonizaram um protesto violento, embora a situação já esteja sob controle.