PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Comissão Europeia impõe multas de milhões de euros a 4 empresas tecnológicas

24/07/2018 12h04

Bruxelas, 24 jul (EFE).- A Comissão Europeia (CE) impôs nesta terça-feira uma multa total de 111 milhões de euros em quatro casos separados contra as empresas de eletrônica Asus, Philips, Pioneer e Denon & Marantz, que são acusadas de aplicar preços mais elevados na venda de seus produtos na internet.

"Como resultado das ações empreendidas por estas quatro companhias, milhões de consumidores europeus pagavam preços mais elevados para eletrodomésticos, secadores de cabelos, laptops e muitos outros produtos. Isso é ilegal de acordo com as normas da União Europeia sobre concorrência", declarou em comunicado Margrethe Vestager, a comissária europeia do ramo.

Segundo a CE, Asus, Philips, Pioneer e Denon & Marantz aplicaram "preços de venda fixos ou mínimos", o que restringia a capacidade do distribuidor no varejo na internet de impor seus próprios importes para os produtos.

As quatro firmas entravam em contato, em particular, com os distribuidores que ofereciam suas mercadorias mais baratas e se estes não respeitassem as exigências das empresas de eletrônica sobre preços, recebiam ameaças ou punições da Philips, Asus, Pioneer e Denon & Marantz, incluído o bloqueio das provisões.

De acordo com Bruxelas, muitos distribuidores online usam algoritmos de preços que adaptam automaticamente os valores de varejo aos da concorrência.

Portanto, as restrições impostas pelas marcas de eletrônica tinham um impacto mais amplo nos preços gerais da internet para os correspondentes produtos, explicou o Executivo comunitário.

Além disso, "o uso de sofisticadas ferramentas de monitorização" permitia aos fabricantes "rastrear de forma efetiva" a fixação dos preços de revenda na rede de distribuição e intervir com rapidez em caso que queda, acrescentou a Comissão.

"A intervenção sobre os preços limitou a concorrência efetiva dos valores entre os varejistas e levou a preços mais altos, com efeitos imediatos nos consumidores", frisou Bruxelas.

A multa total de 111 milhões de euros foi imposta nos quatro casos pela cooperação das empresas implicadas com a Comissão.

Desse modo, a Asus deverá pagar 63,5 milhões de euros, enquanto Denon & Marantz terá que desembolsar 7,7 milhões e a Philips, 29,8 milhões.

A multa para Pioneer é de 10,1 milhões de euros, precisou o Executivo comunitário.

Internacional