PUBLICIDADE
Topo

Sobe para 138 o número de mortos por conta do Vulcão de Fogo da Guatemala

24/07/2018 00h43

Cidade da Guatemala, 24 jul (EFE).- O número de mortes causadas pela violenta erupção do Vulcão de Fogo da Guatemala, no início de junho, subiu para 138, depois de que o Instituto Nacional de Ciência Legista (Inacif) identificasse mais três corpos.

A porta-voz do Instituto, Mirna Zeledon, explicou na segunda-feira que para obter a identificação das vítimas foram aplicados "métodos científicos", que conseguiram estabelecer que os três mortos eram um jovem de 22 anos, uma adolescente de 14 e uma menina de 10.

A quantidade de desaparecidos, com esta identificação, caiu para 284, indicou o porta-voz da Coordenação Nacional para a Redução de Desastres da Guatemala (Conred), David De León.

O órgão de proteção civil expôs na manhã de ontem que havia 12.823 pessoas evacuadas das zonas ao redor do colosso de 3.763 metros acima do nível do mar.

Além disso, atualmente 2.878 pessoas estão abrigadas nos departamentos de Escuintla (sul) e Sacatepéquez (centro), assim como 27 feridos que ainda recebem atendimento médico nos principais hospitais do país e em centros especializados do México e Estados Unidos.

A violenta erupção do vulcão, no dia 3 de junho, também deixou 186 casas, uma estrada, uma escola e duas pontes destruídas.