PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Investigação sobre caso Rússia trava nova reunião entre Trump e Putin

25/07/2018 17h12

Washington, 25 jul (EFE).- A próxima reunião entre os presidentes dos Estados Unidos, Donald Trump, e da Rússia, Vladimir Putin, não acontecerá antes do início do próximo ano, quando termina a investigação que apura se o Kremlin interferiu nas eleições americanas, informou nesta quarta-feira a Casa Branca.

"O presidente acredita que o próximo encontro bilateral com o presidente Putin deve acontecer depois que a caça às bruxas tenha acabado. Portanto, decidimos que será no início do próximo ano", afirmou o assessor de segurança nacional de Trump, John Bolton.

A expressão "caça às bruxas" é usada com frequência por Trump para se referir à investigação comandada pelo promotor especial Robert Mueller, que tem como objetivo esclarecer se existiu algum tipo de conluio entre a equipe de campanha republicana e o governo da Rússia durante as eleições presidenciais de 2016.

No último dia 16, Trump e Putin realizaram uma cúpula bilateral em Helsinque. Após o encontro, a Casa Branca informou que o presidente americano desejava uma nova reunião antes do fim do ano.

O encontro ocorreria em Washington entre setembro e dezembro.

A decisão provocou reações, sobretudo das agências de inteligência americanas, que afirmam ter certeza de que o Kremlin tentou interferir nas últimas eleições realizadas no país.

Em Helsinque, Trump não só não pediu explicações a Putin sobre o caso, mas também aceitou as explicações dadas por ele.

Internacional