PUBLICIDADE
Topo

Ataque contra comboio de agência de inteligência afegã deixa 6 mortos

26/07/2018 06h58

Cabul, 26 jul (EFE).- Pelo menos seis pessoas morreram, entre elas quatro membros da principal agência de inteligência afegã, o Diretório Nacional de Segurança (NDS, sigla em inglês), e outras seis ficaram feridas nesta quinta-feira em um ataque contra o comboio em que viajavam em Cabul, informou à Agência Efe uma fonte oficial.

O atentado aconteceu por volta das 5h (hora local), no distrito policial número cinco da capital, quando um talibã suicida detonou seu veículo cheio de explosivos durante a passagem do comboio da NDS, disse o porta-voz da polícia local, Hashmat Stanekzai.

"De acordo com a nossa informação inicial, neste ataque morreram quatro membros da NDS e um civil, enquanto cinco funcionários da NDS e um civil ficaram feridos", afirmou a fonte sobre o número de vítimas, adicionando também a morte do agressor.

Os talibãs reivindicaram a autoria da ação através de um comunicado de seu porta-voz Zabihullah Mujahid, que identificou o suicida como Ahmad Ghaznawi e confirmou que o alvo foi um comboio da agência de inteligência.

Segundo o porta-voz do grupo insurgente, a unidade atacada foi responsável por coordenar batidas noturnas contra os combatentes talibãs nas províncias de Maydan Wardak e Logar.

Este é o primeiro ataque suicida dos talibãs em Cabul desde o cessar-fogo de três dias, no mês passado, por causa do que em meados de junho decretassem um cessar-fogo de três dias por causa do Eid al-Fitr, festividade que marca o fim do Ramadã.