PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Trump agradece Kim por cumprir com entrega de restos de militares mortos

27/07/2018 12h33

Washington, 27 jul (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, agradeceu nesta sexta-feira o líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, "por manter sua promessa" e entregar os restos de 55 soldados americanos que permaneciam sob custódia norte-coreana desde que em 1953 foi assinado o armistício da Guerra da Coreia.

"Quero agradecer o líder Kim por manter sua promessa", disse Trump em entrevista coletiva realizada hoje na Casa Branca.

O Governo americano anunciou na quinta-feira que a Coreia do Norte tinha entregado os restos dos soldados para repatriação e que uma equipe do Comando das Nações Unidas para a Coreia os tinha recolhido em Wonsan (Coreia do Norte) e os estava transferindo de avião à base aérea sul-coreana de Osan.

Além disso, o líder anunciou hoje que o vice-presidente americano, Mike Pence, irá até a Coreia do Sul para participar da cerimônia de recepção oficial dos corpos, que está prevista para 1 de agosto.

No futuro está previsto que os restos sejam transferidos ao Havaí, onde está a sede da Agência de Contabilização de Desaparecidos em Combate e Prisioneiros de Guerra do Departamento de Defesa (DPAA, por sua sigla em inglês), que será responsável por realizar as tarefas de identificação.

"Estes heróis repousarão em solo americano", prometeu hoje Trump.

A entrega dos restos faz parte dos acordos alcançados por Trump e Kim durante a cúpula de Singapura, realizada em 12 de junho, e que tem por objetivo a desnuclearização da Coreia do Norte.

Mais de 36 mil militares americanos morream na Guerra da Coreia e cerca de 7,7 mil desapareceram, dos quais 5,3 mil sumiram no norte do paralelo 38.

Internacional