PUBLICIDADE
Topo

Governo diz que blecaute em Caracas foi provocado por corte de cabos

31/07/2018 18h16

Caracas, 31 jul (EFE).- O blecaute registrado nesta terça-feira em Caracas, capital da Venezuela, e que também afetou três estados vizinhos foi provocado por um corte nos cabos de transmissão, segundo o ministro de Energia Elétrica, Luis Motta Domínguez.

O ministro disse que recebeu as informações do Serviço Bolivariano de Inteligência (Sebin). Além de Caracas, os estados de Vargas, Miranda e Aragua ficaram sem luz devido ao problema.

"Isso fez com que o sistema de proteção interpretasse que havia uma falha, bloqueando a transmissão. Já estamos repondo os cabos", explicou o ministro, sem dar detalhes de como o problema ocorreu.

Mais cedo, o ministro de Comunicação e Informação, Jorge Rodríguez, disse à emissora estatal "VTV" que as condições atmosféricas ruins e o difícil acesso ao local onde a falha ocorreu atrapalhavam a volta do fornecimento de energia.

O blecaute durou mais de quatro horas em Caracas até que o serviço fosse restabelecido parcialmente. A falta de luz provocou o fechamento do metrô de Caracas, que transporta milhões de pessoas por dia. As ruas ficaram lotadas de pedestres, que caminharam vários quilômetros para poder chegar aos respectivos destinos.

A Venezuela é o país com a maior reserva de petróleo do planeta, mas enfrenta uma severa crise econômica que se traduz em escassez de alimentos básicos e remédios, hiperinflação e uma prestação deficiente dos serviços públicos por parte do governo.

Os cortes no fornecimento de energia são frequentes em todas as regiões do país. O estado mais atingido é o de Zulia, na fronteira com a Colômbia, onde os blecautes chegam a durar 36 horas.