PUBLICIDADE
Topo

Portugal promulga lei que registra mudança de sexo a partir dos 16 anos

31/07/2018 15h30

Lisboa, 31 jul (EFE).- O presidente de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa, promulgou nesta terça-feira a lei que permite notificar a mudança de sexo no registro civil a partir dos 16 anos, a mesma que vetou em sua primeira versão por não incluir o requisito de um relatório médico no caso de menores de idade.

Rebelo de Sousa promulga agora a lei ao considerar que os reparos já foram resolvidos. A nova versão inclui o pedido do relatório e foi aprovada pelo Parlamento lusitano em 12 de julho, segundo explicou a Presidência em comunicado.

A lei reduz de 18 para 16 anos a idade mínima para fazer o trâmite, e o documento que os menores deverão apresentar, e que será elaborado por um psicólogo, testemunhará unicamente a "capacidade de decisão e vontade informada, sem referências a diagnósticos de identidade de gênero", segundo dita a norma.

A proposta avançou com os votos a favor do governante Partido Socialista, do marxista Bloco de Esquerda, do Pessoas-Animais-Natureza (PAN) e o Partido Comunista Português.

Posicionaram-se contra o Partido Social Democrata (PSD, centro-direita), que exigiu o relatório médico em todos os casos, e o conservador CDS - Partido Popular.