PUBLICIDADE
Topo

Responsáveis por ataque à sede de Ministério no Afeganistão são mortos

31/07/2018 11h48

Cabul, 31 jul (EFE).- Os dois insurgentes que atentaram nesta terça-feira contra a sede do Ministério de Refugiados na província de Nangarhar, no leste do Afeganistão, foram mortos pelas forças de segurança após o ataque no qual 14 pessoas ficaram feridas.

"A operação para matar os agressores terminou (...) mas as forças de segurança ainda estão ocupadas desalojando o edifício para avaliar os danos e as perdas", afirmou à Agência Efe o porta-voz do governador provincial, Attaullah Khogyanai, que detalhou que os dois insurgentes foram mortos.

O ataque em Jalalabad, capital de Nangarhar, começou por volta de meio-dia com uma explosão, que foi seguida por um tiroteio.

No ataque ficaram feridas 14 pessoas que encontravam-se nas instalações e que foram hospitalizadas fora de perigo, explicou Khogyanai.

Algumas das vítimas "ficaram feridas após saltar para os edifícios vizinhos tentando salvar suas vidas", detalhou.

Khogyanai precisou que o ataque aconteceu enquanto era realizada uma reunião no escritório de Refugiados entre funcionários e organizações colaboradoras, e que todos os participantes do encontro foram evacuados a tempo a um local seguro.

O porta-voz dos talibãs, Zabihullah Mujahid, afirmou através da rede social Viber que a formação insurgente não está envolvida no ataque.

Neste mês, vários ataques atingiram a província de Nangarhar.

Um grupo de insurgentes atacou no sábado um centro na província, deixando pelo menos cinco mortos e oito feridos, enquanto em 11 de julho as forças de segurança mataram dois agressores que se esconderam durante duas horas no Departamento de Educação de Jalalabad, matando 11 empregados do escritório e ferindo outros dez..