Incêndio em Algarve é controlado após uma semana de combate

Lisboa, 10 ago (EFE).- O incêndio florestal na região do Algarve, em Portugal, já está controlado, depois de uma semana de combate ao fogo, afirmou nesta sexta-feira a Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC).

"Não há risco de o incêndio sair da área afetada", afirmou a porta-voz da ANPC, Patrícia Gaspar, em entrevista coletiva, sobre o incêndio que deixou 41 feridos.

Uma dezena de pelotões do Exército substituirão nas próximas horas os 1,3 mil bombeiros que estão espalhados pelos pontos mais quentes do local.

As previsões meteorológicas não são favoráveis à extinção, já que as temperaturas subirão e descerá a umidade relativa, acrescentou a porta-voz.

Entre as vítimas, 40 ficaram levemente feridas e uma idosa, de 72, sofreu queimaduras graves, enquanto o número de pessoas desalojadas, que ontem chegou a 299, hoje é de 41 e espera-se que a maioria possa retornar ao longo do dia para suas casas.

O incêndio florestal do Algarve começou no último dia 3, na comarca de Monchique, em uma região montanhosa povoada de eucaliptos.

O vento forte, as altas temperaturas e a baixa umidade relativa fizeram com que as chamas se estendessem por um perímetro de mais de 100 quilômetros, chegando também os distritos próximos de Silves, Odemira e Portimão.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos