Topo

Monsanto é condenada a pagar multa de US$ 289 milhões por dano de herbicida

10/08/2018 20h51

Los Angeles (EUA), 10 ago (EFE).- Um júri da Califórnia condenou nesta sexta-feira a Monsanto a pagar US$ 289 milhões em indenização a um homem que afirma que contraiu câncer devido à exposição a um herbicida da empresa que contém glifosato.

Dewayne Johnson afirma que utilizou o herbicida Roundup, produzido pela Monsanto, de maneira frequente quando trabalha como jardineiro de uma escola de San Francisco.

O júri do caso determinou que a Monsanto não alertou sobre os riscos que os clientes corriam ao utilizar o produto.