PUBLICIDADE
Topo

Ator que acusa Asia Argento admite não ter se manifestado por vergonha

22/08/2018 19h00

Nova York, 22 ago (EFE).- O ator Jimmy Bennett, que acusou a atriz e diretora Asia Argento de abuso sexual, emitiu nesta quarta-feira uma declaração à imprensa, admitindo que deixou de ter se manifestado sobre o caso por vergonha e medo.

"Eu era menor de idade quando ocorreram os fatos. Tentei buscar justiça de uma maneira que fizesse sentido para mim naquele momento, porque não estava pronto para enfrentar as consequências de que a minha história fosse tornada pública", afirmou o ator.

O jornal americano "The New York Times" publicou no domingo que Argento, uma das pioneiras do movimento #MeToo - ao denunciar por violência sexual o produtor -, chegou a acordo extrajudicial com Bennett no valor de US$ 380 mil (R$ 1,54 milhão), para encerrar o caso.

A atriz e diretora negou ontem qualquer crime na terça-feira, garantindo que só era amiga do ator, e o acusou de fazer uma "exagerada solicitação de dinheiro", após as denúncias contra Weinstein.

Hoje, o portal especializado em notícias de famosos "TMZ" publicou uma imagem de Argento ao lado de Bennett, em que os dois aparecem recostados sobre o que parece uma cama.

A imagem é uma selfie com os rostos dos dois e, embora a fotografia permita ver que ambos estão sem camisa, não fica claro se os dois estavam completamente despidos.

O suposto encontro entre a atriz e diretora, então com 37 anos, e o ator, que tinha 17 à época, teria ocorrido em 9 de maio de 2013, em um hotel em Los Angeles, onde o consentimento legal para as relações sexuais é de 18 anos.

"Naquele momento, eu ainda achava que havia um estigma por estar nessa situação, sendo um homem na nossa sociedade. Não pensei que as pessoas fossem entender o que aconteceu do ponto de vista de um menino", afirma Bennett, na nota.

"O meu trauma ressurgiu quando ela se pronunciou como vítima. Não fiz uma declaração pública nos últimos dias e horas porque estava envergonhado e assustado de ser parte da narrativa pública", completou.

O "TMZ" também publicou nesta quarta-feira uma série de mensagens de texto supostamente entre Asia e uma pessoa próxima da atriz nas quais ela admite ter tido relações sexuais com Bennett.