PUBLICIDADE
Topo

Terminam reencontros de famílias coreanas separadas pela guerra

Membros de famílias coreanas separadas pela guerra se despedem neste domingo - Yonhap via Reuters
Membros de famílias coreanas separadas pela guerra se despedem neste domingo Imagem: Yonhap via Reuters

Em Seul

26/08/2018 06h24

Mais de 300 sul-coreanos retornaram neste domingo (26) a seu país após se reencontrar com seus familiares residentes no Norte e os quais não viam há quase sete décadas, no último dia de encontros deste tipo organizado por Pyongyang e Seul.

Os participantes, na sua maioria septuagenários e octogenários, retornaram ao Sul após ver seus parentes do Norte em breves sessões ao longo de três dias em um complexo de férias no Monte Kumgang, no litoral sudeste norte-coreano.

Um total de 326 sul-coreanos de 81 famílias se reuniram com cerca de uma centena de parentes residentes no país vizinho e dos quais se separaram por causa da Guerra da Coreia (1950-1953), segundo informou o Ministério de Unificação da Coreia do Sul.

Com o retorno deste grupo de sul-coreanos se encerra a segunda e última rodada de reencontros familiares realizados em uma semana, no meio do ambiente de aproximação criado este ano entre dois países que permanecem tecnicamente em conflito.

Na primeira rodada de reuniões realizada no mesmo local entre segunda e quarta-feira passadas participaram outros 89 sul-coreanos, escolhidos por sorteio e em função da sua idade e estado de saúde, e 185 norte-coreanos.