PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Viúva de McCain pode ocupar temporariamente sua cadeira no Senado

26/08/2018 21h02

Phoenix (EUA), 26 ago (EFE).- O governador do Arizona, o republicano Doug Ducey, nomeará o sucessor do falecido senador John McCain depois do seu enterro no próximo domingo, uma vaga que, segundo anteciparam neste domingo alguns meios de comunicação americanos, previsivelmente será ocupada por sua viúva, Cindy McCain.

Sob a lei estadual do Arizona, Ducey é o encarregado de designar o encarregado de ocupar a cadeira de McCain até 2020, quando haverá uma eleição especial para definir quem concluirá os dois anos restantes do mandato do falecido senador.

A lei estadual também estabelece que a pessoa designada deve ser membro da legenda de McCain, ou seja, do Partido Republicano, que ostenta uma leve maioria na Câmara Alta com 51 senadores, frente aos 49 democratas.

"Era um gigante. Um ícone. Um herói americano. Mas, aqui em casa, estamos orgulhosos de chamá-lo arizoniano", escreveu Ducey neste sábado, após ser informado da morte do senador.

"Da mesma forma que muitos de nós, ele não nasceu aqui, mas seu espírito, serviço e feroz independência deram forma ao estado do qual se transformou em sinônimo", acrescentou o governador, que não quis dar detalhes sobre o próximo nomeado.

Embora o nome que mais soe para ocupar a cadeira de McCain seja o da sua viúva, Cindy, a imprensa local do Arizona especula também sobre outros candidatos, como Kirk Adams, o chefe de gabinete do governador; e a ex-legisladora estadual Barbara Barrett, a primeira mulher republicana a concorrer ao governo desse estado.

Outros nomes poderiam ser o ex-senador Jon Kyl ou a empresária Karry Taylor Robson, ambos muito próximos ao governador.

Ducey, que tentará renovar seu mandato à frente do governo do Arizona nas eleições de novembro deste ano, já disse tempos atrás que não se autodesignaria para o cargo.

Internacional