PUBLICIDADE
Topo

Juiz bloqueia publicação de manuais para impressão 3D de armas nos EUA

27/08/2018 17h48

Washington, 27 ago (EFE).- Um juiz federal dos Estados Unidos determinou nesta segunda-feira a proibição da distribuição de manuais que ensinam a fabricar armas de fogo por meio de impressoras 3D, uma prática apoiada pelo governo de Donald Trump.

O juiz da Corte Federal do Distrito Oeste de Washington, Robert Lasnik, deu razão a uma ação apresentada por uma série de estados para conseguir o bloqueio emergencial da divulgação do material.

"Os processados deverão preservar o 'status quo' em relação à situação prévia até nova ordem do tribunal", disse o juiz.

No último dia 31 de julho, o magistrado bloqueou a divulgação das instruções para a produção de armas em impressoras 3D na internet. O material seria publicado no dia seguinte, após um acordo entre o governo americano e uma empresa do Texas.

O juiz explicou que a decisão tomada hoje tem como objetivo impedir que os manuais causem um dano irreparável ao país.

No meio da polêmica, Trump afirmou que não havia "muito sentido" em imprimir armas 3D em casa, apesar de o governo ter permitido.

A decisão do juiz chega depois de o Departamento de Justiça ter registrado um documento apoiando o fim do bloqueio, alegando erros de procedimento na argumentação dos 19 estados que pediram a proibição da divulgação dos manuais.

No dia seguinte à publicação desse documento, o procurador-geral dos EUA, Jeff Sessions, afirmou que combateria a produção desse tipo de arma no país por considerá-las como ilegais.