PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Chanceler mexicano responde a Trump que México "nunca" pagará por muro

28/08/2018 18h43

Cidade do México, 28 ago (EFE).- O secretário de Relações Exteriores mexicano, Luis Videgaray, respondeu nesta terça-feira ao presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, que o México "nunca" pagará pelo muro que o governante americano quer construir na fronteira comum, lembrando que este assunto "nunca esteve em discussão".

"Com os Estados unidos alcançamos um entendimento comercial, e hoje há perspectivas encorajadoras para a relação entre ambos países. O que simplesmente NUNCA vai acontecer é que o México pague por um muro. Isso nunca esteve em discussão", publicou o chanceler na sua conta no Twitter.

Trump insistiu hoje que o México pagará pelo muro, o que volta a pôr sobre a mesa o assunto que mais complicou a relação entre o governante americano e o presidente mexicano, Enrique Peña Nieto.

"Sim, o muro será pago muito facilmente, será pago pelo México. Em último caso será pago pelo México", disse Trump em declarações a jornalistas no Salão Oval.

Estas declarações acontecem um dia depois de Estados Unidos e México anunciarem um princípio de acordo comercial como resultado das negociações para revisar o Tratado de Livre-Comércio da América do Norte (Nafta), entre ambos países e o Canadá.

Por conta do entendimento, Trump e Peña Nieto tiveram uma amistosa conversa telefônica, que foi retransmitida na televisão da Casa Branca.

As diferenças sobre o pagamento do muro foram o maior fator de atrito nas relações bilaterais desde a chegada ao poder de Trump, e Peña Nieto cancelou duas visitas previstas a Washington devido a discordâncias relacionadas com esse assunto.

Internacional