PUBLICIDADE
Topo

Cidadã de Hong Kong que buscava trabalho acaba casada com desconhecido chinês

28/08/2018 08h18

Xangai (China), 28 ago (EFE).- Uma mulher de Hong Kong de 21 anos que esperava conseguir seu primeiro emprego na indústria da beleza terminou casada com um completo estranho, um cidadão chinês, vítima de uma aparente fraude.

O jornal independente "South China Morning Post" informou nesta terça-feira sobre este incidente, que é um exemplo de como alguns cidadãos chineses buscam se casar com pessoas de Hong Kong para poder pedir residência na cidade.

Ao relatar sua experiência, a mulher explicou que tudo começou quando solicitou um posto de maquiadora que viu em um anúncio postado na rede social Facebook, e para o qual ofereciam capacitação gratuita com um salário mensal de 14 mil dólares de Hong Kong (US$ 1,8 mil).

Os recrutadores propuseram, no entanto, que ela se tornasse planejadora de casamentos e para isso lhe ofereceram em junho deste ano um curso de capacitação gratuito em Hong Kong, que exigia aprovação em um exame de planejamento de casamentos em Fuzhou, província de Fujian (leste da China).

O curso incluía um casamento simulado com um homem de uma idade similar à sua, por isso que ela e a pessoa que supostamente seria seu marido assinaram um documento em um escritório do governo local e se casaram oficialmente.

Os recrutadores garantiram à mulher que não haveria problema porque conheciam o prefeito. "Disseram que anulariam (o registro de casamento) depois", explicou a vítima, que decidiu se manter no anonimato.

Quando a jovem retornou a Hong Kong, uma amiga a convenceu de que tratava-se de uma fraude e buscou ajuda na Federação de Sindicatos de Hong Kong (FTU), depois que a polícia da cidade foi reticente a cuidar do caso.

Ainda não foi confirmado que obter a residência em Hong Kong tenha sido o motivo da fraude, uma vez que o caso ainda não foi investigado a fundo pela polícia.

Os residentes da parte continental da China com um cônjuge em Hong Kong podem solicitar uma permissão de viagem única para se estabelecer na cidade, por isso que existem numerosos casos de casamentos fraudulentos.