PUBLICIDADE
Topo

Suspeito de agredir mulher na rua em Paris é detido

28/08/2018 09h03

Paris, 28 ago (EFE).- Um homem foi detido como o suposto autor da agressão em plena rua em Paris, em 24 de julho, a uma jovem que tinha assediado previamente, um caso que ficou conhecido quando a vítima decidiu divulgar nas redes sociais um vídeo da agressão que viralizou.

Marie Laguerre, a estudante de arquitetura de 22 anos que levou um tapa no rosto depois de enfrentar com um "cala a boca!" o homem que fazia comentários obscenos, disse hoje em entrevista à emissora "Europe 1" que se o detido for realmente o agressor, "é uma boa notícia".

Laguerre, que estava no exterior no dia da captura do suposto agressor, foi convocada para a identificação.

Segundo a "Europe 1", o suspeito tem 25 anos e antecedentes por violências com armas e assédio.

A jovem, que se queixou que "denunciar não serve para nada", afirmou que no seu caso teve "sorte" graças à divulgação do vídeo porque "a divulgação na mídia acelerou muito o caso".

Laguerre afirmou que "se for o agressor, isso enviará uma mensagem fortes a todas as pessoas com comportamentos violentos para com as mulheres".

Nas imagens que Laguerre recuperou das câmeras de vigilância que havia no local, primeiro é possível ver uma troca de palavras entre o homem e a mulher que se cruzam por acaso enquanto caminham e depois o primeiro pega um cinzeiro da mesa de um terraço de bar e o lança na direção dela.

A jovem contesta e o agressor lhe dá um tapa no rosto, surpreendendo os clientes do bar. Alguns ainda tiram satisfação com o homem, que depois sai andando.