PUBLICIDADE
Topo

Estados Unidos matam três supostos terroristas em operação na Somália

29/08/2018 11h14

Washington, 29 ago (EFE).- O Exército dos Estados Unidos bombardeou na segunda-feira passada posições de combatentes do grupo terrorista Al Shabab na Somália, uma operação na qual morreram três supostos jihadistas, informou nesta quarta-feira o Comando Militar para a África (Africom).

O ataque aéreo, no qual, segundo os militares, não deixou nenhuma vítima civil, aconteceu a cerca de 40 quilômetros ao sudoeste de Mogadíscio e em coordenação com as autoridades locais, indicou o Africom em comunicado.

"As Forças dos Estados Unidos continuarão usando todas as medidas autorizadas e apropriadas para desmantelar ameaças terroristas", acrescentou a nota.

Há meses, o Al Shabab vem cometendo atentados suicidas e assassinatos de policiais, líderes governamentais e militares na capital, além de ataques contra o Exército Nacional da Somália e a Missão da União Africana nesse país (Amisom).

As Forças Armadas americanas colaboram com o Exército da Somália e com a Amisom em operações antiterroristas que incluem a luta contra os jihadistas e a destruição tanto de seus campos de treinamento como de suas infraestruturas.

Segundo dados do Pentágono, durante 2017 as Forças Armadas americanas fizeram 35 bombardeios na Somália, tanto contra membros do Al Shabab como da organização terrorista Estado Islâmico (EI), nos quais morreram mais de 200 supostos radicais.

O Al Shabab, que se uniu em 2012 à rede internacional da Al Qaeda, controla parte do território no centro e no sul da Somália.