PUBLICIDADE
Topo

Falta de refrigeração causa morte de 5 idosos em hospital no Japão

29/08/2018 09h23

Tóquio, 29 ago (EFE).- A polícia japonesa anunciou nesta quarta-feira que está investigando a morte de cinco pacientes de um hospital do centro do país que ocorreram quando o edifício ficou sem ar condicionado durante a recente onda de calor.

Todos os pacientes eram octogenários e morreram entre domingo e hoje por um golpe de calor enquanto estavam internados por doenças crônicas cardíacas e pulmonares, segundo disse um porta-voz da polícia da prefeitura Gifu, onde está localizada a clínica privada.

As autoridades locais realizaram uma inspeção do hospital e abriram uma investigação sob a suspeita de que as mortes ocorreram devido a uma negligência do centro, segundo informou a emissora estatal "NHK".

Os responsáveis do hospital explicaram que o sistema de ar condicionado pifou em dois de três andares no último dia 20 e que desde então começaram a transferir seus pacientes em estado mais grave a zonas climatizadas.

Todos os mortos estavam em quartos para três ou quatro pessoas unicamente condicionados com um ventilador enquanto o termômetro superava 35 graus durante a última semana.

O hospital, especializado no cuidado de pacientes de idade avançada, negou inicialmente que as mortes tenham ocorrido devido ao calor.

O centro médico, com capacidade para 119 pacientes, alojava 50 no momento das mortes.

Muitos parentes dos pacientes restantes solicitaram a saída do centro perante o temor de que também possam ser afetados pelo calor extremo, segundo recolhe a agência local "Kyodo".