PUBLICIDADE
Topo

Trinta e oito palestinos são feridos por fogo israelense em protestos em Gaza

31/08/2018 15h04

Cidade de Gaza, 31 ago (EFE).- Trinta e oito palestinos ficaram feridos à bala na Faixa de Gaza em confrontos com soldados israelenses em um novo dia de protestos, o 23º, que se repetem toda sexta-feira junto à fronteira com Israel.

No total, 120 pessoas receberam atendimento médico, muitas afetadas por gás lacrimogêneo, e 38 foram levadas a hospitais por causa de tiros israelenses, incluindo uma paramédica e um criança de dez anos, informou o Ministério de Saúde palestino.

Um porta-voz do Exército israelense disse à Efe que milhares de palestinos foram a cinco pontos da faixa para participar dos protestos, nos quais queimaram pneus, jogaram pedras contra as tropas na divisa e lançaram objetos incendiários, incluindo "uma granada".

"As forças de segurança responderam com meios de dispersão antidistúrbios e de acordo com os procedimentos operacionais padrão", afirmou o porta-vos.

Vários jovens foram vistos lançando balões incendiários para Israel, um modo de atuação que provocou vários incêndios e que arrasou hectares de terreno nos últimos meses, e cortaram partes da cerca de separação que arrastaram para a faixa, disseram testemunhas.