PUBLICIDADE
Topo

Ex-premiê malaio acusado de corrupção paga parte da fiança

21/09/2018 07h51

Bangcoc, 21 set (EFE).- O ex-primeiro-ministro da Malásia Najib Razak, acusado de corrupção, pagou nesta sexta-feira na Justiça de Kuala Lumpur a primeira parte da fiança imposta a ele na véspera por um tribunal para que tivesse direita à liberdade condicional.

O ex-premiê, de 65 anos, depositou um milhão de ringgits (US$ 242.203) como pagamento inicial dos 3,5 milhões de ringgits (US$ 847.645) decididos pela justiça, informou a imprensa local.

O resto da quantia será paga entre segunda e sexta-feira próximas, segundo os advogados do réu.

Najib, primeiro-ministro de Malásia entre 2009 e 2018, possui 30 acusações relacionadas a abuso de poder, suborno e lavagem de dinheiro.

O primeiro-ministro da Malásia, Mahathir Mohamad, não descartou hoje em entrevista coletiva em Putrajaya que mais acusações sejam apresentada contra Najib nos próximos dias.