PUBLICIDADE
Topo

Líder republicano acredita que Kavanaugh ocupará vaga no Supremo dos EUA

21/09/2018 13h19

Washington, 21 set (EFE).- O líder da maioria republicana no Senado dos Estados Unidos, Mitch McConnell, afirmou nesta sexta-feira que Brett Kavanaugh, indicado para o Supremo Tribunal pelo presidente Donald Trump, será confirmado em breve para ocupar a vaga, apesar das acusações de abuso sexual.

"Viram a luta, viram as táticas (...). Em um futuro muito próximo, o juiz Kavanaugh estará no Supremo Tribunal dos Estados Unidos", disse o influente senador, em pleno debate sobre quando serão as audiências para avaliar as acusações de Christine Blasey Ford, a suposta vítima do agora magistrado.

As palavras de McConnell parecem minimizar a importância das investigações em torno dos supostos abusos na audiência da Comissão de Justiça da Câmara Alta, para a qual Christine será presumivelmente citada para prestar depoimento em público.

Hoje mesmo, o presidente Donald Trump, mudou o tom e criticou a suposta vítima.

"Não tenho dúvidas que se o ataque à doutora Ford foi tão ruim como ela diz, teriam sido apresentadas acusações imediatamente às autoridades locais por ela mesma ou por seus carinhosos pais", afirmou Trump em sua conta do Twitter.

Christine não quis prestar depoimento na segunda-feira ao Senado como tinha sido solicitado e pediu a fixação de uma nova data.

Tanto a vítima como a oposição democrata, que tentou atrasar o processo de confirmação desde o começo, pediram uma investigação do FBI antes de qualquer audiência sobre o tema, algo rejeitado pelos republicanos, com maioria no Senado.

A acusação ameaça o voto de confirmação do juiz por parte da comissão, em sessão que estava programada para esta semana.