Papa pede atenção às minorias e que se detecte a tempo novos focos de totalitarismo

Em Kaunas

  • Petras Malukas/AFP Photo

    Papa Francisco acena ao chegar no parque Santakos, onde celebrou missa ao ar livre

    Papa Francisco acena ao chegar no parque Santakos, onde celebrou missa ao ar livre

O papa Francisco pediu neste domingo (23) para que se possa detectar a tempo qualquer aumento das ideologias totalitárias, no discurso durante a oração do Ângelus que pronunciou após a missa que celebrou na cidade de Kaunas, na Lituânia.

Francisco chegou no sábado (22) à Lituânia para seu percurso pelos países Bálticos, e nos discursos pronunciados até hoje e inclusive na homilia da missa quis lembrar os anos difíceis da ocupação soviética, mas também o período da invasão nazista.

No parque Santakos de Kaunas, após rezar uma missa para cerca de 100 mil pessoas, segundo a igreja local, Francisco falou de quem quer "submeter os mais frágeis, usar a força em qualquer de suas formas: impor um modo de pensar, uma ideologia, um discurso dominante, usar a violência ou repressão para oprimir".

"Há 75 anos, esta nação presenciava a destruição definitiva do Gueto de Vilnia; assim culminava o aniquilamento de milhares de judeus que já tinha começado dois anos antes", lembrou Francisco.

Ele pediu para se lembrar "daqueles tempos e pedir ao Senhor que dê o dom do discernimento a todos para detectar a tempo qualquer aumento dessa atitude perniciosa, qualquer ar que enfraqueça o coração das gerações que não viveram aquilo".

Na Lituânia, o único país com maioria católica (cerca de 80% da população) dos Bálticos, o pontífice lembrou uma "tentação sobre a que todos devem vigiar com insistência: o desejo de supremacia, de se sobressair aos demais"

"Quantas vezes aconteceu que um povo acredite ser superior, com mais direitos adquiridos, com mais privilégios a preservar ou conquistar?", perguntou o papa.

Francisco se despediu pedindo para que se trabalhe para dar "a atenção delicada aos excluídos, às minorias, para que se afaste das culturas a possibilidade de aniquilar o outro, de colocar ele de lado, de continuar descartando quem nos incomoda e ameaça nossas comodidades".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos