PUBLICIDADE
Topo

Coalizão anuncia abertura de corredores humanitários entre Sana e Al Hudaydah

24/09/2018 14h29

Riad, 24 set (EFE).- A coalizão árabe liderada pela Arábia Saudita anunciou nesta segunda-feira a abertura de três corredores humanitários no Iêmen para a população civil e ONGs entre a capital Sana e a cidade de Al Hudaydah, sobre a qual o bloco realiza uma ofensiva para expulsar os rebeldes houthis.

O porta-voz da aliança árabe, Turki al Maliki, anunciou que a abertura dos corredores terá como objetivo "a passagem dos cidadãos, assim como dos comboios de ajuda humanitária".

A coalizão relançou há duas semanas a ofensiva sobre Al Dudaydah, após o fracasso da ONU para que os houthis e o governo iemenita se sentassem à mesa de negociações em Genebra.

Atualmente, as forças governamentais controlam a parte sudoeste do aeroporto, situada ao sul da província, e estariam a apenas alguns quilômetros da cidade.

A decisão chega depois o bloqueio da estrada principal entre as duas províncias, indicou o porta-voz.

As passagens, que foram abertas em colaboração com o Escritório da ONU de Coordenação de Assuntos Humanitários (OCHA) para o Iêmen, funcionarão das 6h às 18h locais.

Segundo a coalizão, esta ação foi decidida após reuniões com representantes da ONU a fim de "terminar com o sofrimento da população" de Al Hudaydah.

A importância da cidade é estratégica, já que é o principal porto de abastecimento para a região controlada pelos houthis, que se estende principalmente pelo noroeste do país.

A coalizão acusa aos houthis de receber cargas de armas e mísseis iranianos através do porto de Al Hudaydah, que também é a porta de acesso para a ajuda humanitária e para os alimentos, algo crucial para a população do país, que sofre uma crise de fome.