Topo

Trump se atrasa para discurso na Assembleia Geral da ONU

25/09/2018 11h53

Nações Unidas, 25 set (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, não conseguiu chegar a tempo à sede da Organização das Nações Unidas (ONU), em Nova York, nesta terça-feira para seu segundo discurso na Assembleia Geral, provocando a antecipação do pronunciamento do presidente do Equador, Lenín Moreno.

Como líder do país anfitrião da Assembleia Geral, Trump tinha o privilégio de ser o segundo a falar, logo depois do presidente do Brasil, Michel Temer, nação que sempre abre as sessões por razões históricas. Mas o presidente americano só deixou a Trump Tower, na 5ª Avenida, às 10h08 (11h08 em Brasília), sete minutos antes da hora marcada para o início do seu discurso, conforme o grupo de jornalistas que o acompanhava.

Para não atrasar a sessão, e de acordo com o protocolo da ONU, Moreno, que falaria após Trump, fez o seu discurso depois que Temer terminou o dele, às 10h10 (11h10 em Brasília).