PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Site revela suposta identidade de suspeito de envenenar ex-espião russo

26/09/2018 16h42

Londres, 26 set (EFE).- Um site de jornalismo investigativo revelou a suposta identidade de um dos dois suspeitos de terem envenenado o ex-espião russo Sergei Skripal e a filha dele, Yulia, no Reino Unido, em março, informou nesta quarta-feira a rede de televisão "BBC".

A página "Bellingcat" afirma que o homem que até agora tinha sido identificado pela imprensa como Ruslan Boshirov é, na verdade, o coronel da espionagem militar russa Anatoliy Chepiga.

Neste mês, o governo britânico afirmou que tanto Boshirov quanto Alexander Petrov, o outro suspeito, eram agentes de um serviço de inteligência militar da Rússia, algo que ambos negaram em entrevista ao canal de TV russo "RT". As autoridades do Reino Unido afirmaram então que os dois poderiam ter entrado no país com nomes e passaportes falsos.

A emissora pública britânica afirmou que fontes oficiais do governo não quiseram fazer comentários sobre a publicação do suposto nome real do coronel russo, mas ressaltou que também não negaram a informação.

O site "Bellingcat", que se declara especializado em investigações baseadas em "fontes abertas e nas redes sociais", afirma que o coronel Chepiga serviu na Segunda Guerra da Chechênia e foi "visto perto da fronteira da Ucrânia no final de 2014". Segundo a página, ele foi condecorado em dezembro de 2014 com as mais altas distinções em seu país, como a de Herói da Federação Russa.

O Reino Unido acusou a Rússia de estar por trás do ataque ao ex-espião e sua filha, que foram envenenados em Salisbury, na Inglaterra, com uma substância química de uso militar. Os dois suspeitos identificados disseram ao "RT" que são empresários do mundo fitness e que tinham ido a Salisbury a turismo.

Internacional