PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Trump ressalta proatividade para reverter políticas de Obama para Cuba

26/09/2018 21h05

Nova York, 26 set (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, destacou nesta quarta-feira sua postura proativa para reverter as políticas implementadas por seu antecessor no cargo, o democrata Barack Obama, em relação à Cuba.

"Fui muito proativo sobre Cuba. Não gosto nada do que está ocorrendo em Cuba nem na Venezuela", ressaltou o presidente americano em uma entrevista coletiva concedida em Nova York.

"Obama abriu as portas a eles e não gostei disso, muitos cubanos aqui em nosso país, em Miami, também não. Não gosto do que ele fez, acabei com muito do que ele fez", argumentou o republicano.

Desde que chegou à Casa Branca em janeiro de 2016, Trump reverteu a reaproximação diplomática com Cuba iniciada por Obama e restringiu as viagens de cidadãos do país à ilha. Os negócios entre empresas americanas e cubanas também ganharam limitações.

Trump, no entanto, manteve as relações diplomáticas entre os dois países. A embaixada dos EUA em Havana, um dos principais legados de política externa de Obama, segue aberta.

As relações entre os dois países se deterioraram após os supostos ataques sofridos por diplomatas americanos na capital cubana entre novembro de 2016 e agosto de 2017.

Os EUA acusam Cuba de saber quem cometeu os ataques e de não ter protegido adequadamente os funcionários americanos. O governo da ilha nega qualquer relação com o caso, que ainda está sendo investigado.

Devido ao incidente, os EUA ordenaram a saída de 60% dos funcionários que trabalhavam na embaixada em Cuba do país..

Internacional