PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Cazaquistão e Espanha assinam acordos de cooperação financeira

27/09/2018 14h19

Astana, 27 set (EFE).- Os governos de Cazaquistão e Espanha assinaram nesta quinta-feira dois acordos de cooperação financeira entre a estatal cazaque Baiterek Holding, a Secretaria de Estado de Comércio de Espanha e a Companhia Espanhola para o Financiamento do Desenvolvimento (Cofides).

Esses acordos, fechados na quinta edição do Conselho Empresarial Cazaquistão-Espanha realizado em Astana, constituem "uma nova ferramenta de parceria", segundo a secretária de Estado de Comércio espanhola, Xiana Méndez.

Além dos pactos, para Méndez, os laços bilaterais devem se fortalecer com uma maior atividade fora das reuniões que ocorrem a cada dois anos.

"Reforçar as relações econômicas entre ambos os países é de tanta importância que não se trata de uma questão bienal, queremos propor uma agenda para dois anos de atuações em benefício mútuo", analisou a secretária de Estado espanhola.

O vice-ministro de Economia cazaque, Aset Irgaliyev, declarou que o país centro-asiático está interessado na experiência da Espanha em questões de segurança e na criação de sistemas de cidades inteligentes.

"Esta pode ser uma nova direção de cooperação entre os nossos países", disse Irgaliyev.

Durante o Conselho Empresarial, os participantes enfatizaram a importância do Cazaquistão na iniciativa chinesa conhecida como as Novas Rotas da Seda, o que significaria um impulso para a Espanha nessa área geográfica.

"O Cazaquistão é um país de passagem. Propomos utilizar mais ativamente as oportunidades disponíveis para aumentar o volume de transporte de mercadorias da China para a Europa", disse Irgaliyev, ressaltando a chance de se chegar ao mercado da União Econômica Eurasiática.

Segundo o embaixador do Cazaquistão na Espanha, Konstantin Zhigalov, as novas áreas de cooperação podem ser ecoturismo, turismo de saúde e tecnologias digitais.

O diplomata afirmou que a Espanha está preparada para investir na construção de um complexo de processamento de resíduos no Cazaquistão. Além disso, explicou que ambos os países estão trabalhando na abertura de uma linha aérea direta entre as capitais Madri e Astana.

"Para intensificar a cooperação entre os nossos países, as partes estão trabalhando para lançar uma comunicação aérea direta no futuro próximo", explicou Zhigalov.

Como resultado das relações comerciais entre Cazaquistão e Espanha, desde 2005 o faturamento bruto dos investimentos espanhóis já chegou a US$ 202 milhões e mais de 40 empresas espanholas trabalham atualmente no território cazaque.

Internacional