PUBLICIDADE
Topo

Réu é executado na China após ser condenado pelas mortes de 9 estudantes

27/09/2018 04h56

Pequim, 27 set (EFE).- As autoridades da China executaram nesta quinta-feira um homem que matou nove estudantes do ensino médio e feriu outros 11, em um ataque com uma faca ocorrido no mês de abril, na província de Shaanxi (centro), informou o jornal oficial "Diário do Povo".

Zhao Wei foi condenado à morte em julho, depois que um tribunal local o considerou culpado de homicídio após o ataque ocorrido no dia 27 de abril a 19 estudantes em uma escola de ensino médio no Condado de Mizhi.

De acordo com um comunicado da Corte Intermédia da cidade de Yulin, o homem confessou que realizou o massacre para "desafogar sua frustração e ira" e se vingar do assédio a que foi submetido quando frequentou a mesma escola.

A Corte Suprema do país decidiu então aplicar a pena de morte, pois seus motivos eram "desprezíveis" e os métodos usados foram "especialmente cruéis", de acordo com o comunicado.

O ataque aconteceu quando os estudantes, entre 12 e 15 anos, deixavam suas salas de aula.