PUBLICIDADE
Topo

Kavanaugh diz que "continuará cooperando" com o FBI em nova investigação

28/09/2018 18h46

Washington, 28 set (EFE).- Indicado à Suprema Corte dos Estados Unidos pelo presidente do país, Donald Trump, o juiz Brett Kavanaugh afirmou nesta sexta-feira que "continuará cooperando" com o FBI se for confirmada a abertura de uma investigação sobre as acusações de abuso sexual das quais ele é alvo.

"Ao longo deste processo, fui entrevistado pelo FBI, tive várias conversas sobre meus antecedentes no Senado, e ontem respondi diretamente a perguntas sob juramento sobre cada tema que os senadores e seus advogados pediram. Fiz tudo o que pediram e continuarei cooperando", disse Kavanaugh em comunicado.

Mais cedo, o comitê de justiça do Senado aprovou a abertura da investigação do FBI sobre o histórico do juiz - com duração de uma semana - e adiar a votação, em plenário, de sua confirmação como novo membro da Suprema Corte.