PUBLICIDADE
Topo

Senado dos EUA aceita que FBI investigue juiz indicado por Trump ao Supremo

28/09/2018 18h35

Washington, 28 set (EFE).- O Senado dos Estados Unidos aprovou nesta sexta-feira um pedido de políticos do Partido Democrata para que o FBI investigue Brett Kavanaugh, juiz indicado para a Suprema Corte pelo presidente do país, Donald Trump, e que é alvo de acusações de abusos sexuais.

A abertura da investigação recebeu o aval dos senadores do Partido Republicano - o mesmo de Trump - e era reivindicada não só pelos congressistas democratas como por três supostas vítimas de Kavanaugh, entre elas Christine Blasey Ford, que prestou depoimento ontem no Senado e confirmou ter sido atacada pelo magistrado em 1982, quando ela tinha 15 anos, e ele, 17.

Também hoje, o comitê de justiça do Senado, de maioria republicana, deu sinal verde à indicação do candidato de Trump um dia depois de Christine e Kavanaugh comparecerem separadamente à Casa para contarem suas versões dos fatos.

Em comunicado, o próprio comitê informou que pedirá à Casa Branca para que ordene ao FBI para concluir a investigação no prazo máximo de uma semana.

Em uma sessão conturbada, o comitê votou hoje a favor de recomendar a indicação de Kavanaugh com placar de 11 votos a favor e 10 contra. Com o cumprimento deste trâmite, a indicação de Kavanaugh seguirá agora para votação no plenário do Senado.