PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Presidente de Fiji dissolve Parlamento para convocar eleições

30/09/2018 06h20

Sydney (Austrália), 30 set (EFE).- O presidente de Fiji, Jioji Konrote, dissolveu neste domingo o Parlamento da nação para convocar eleições gerais em novembro, anunciou o Governo em comunicado.

O primeiro-ministro de Fiji, Frank Bainimarama, se reuniu antes com Konrote e lhe pediu que dissolvesse a legislatura, segundo a "Fiji Broadcasting Corporation".

Está previsto que amanhã sejam convocadas as eleições gerais e que estas aconteçam no dia 14 de novembro próximo.

A República de Fiji, uma nação insulana do Pacífico Sul com cerca de 900 mil habitantes, retomou a democracia em 2014, oito anos depois do golpe de Estado comandado por Bainimarama como chefe das Forças Armadas.

As últimas eleições foram vencidas pelo partido Fiji Primeiro, de Bainimarama, ao obter 32 das 50 cadeiras do Parlamento unicameral.

O Partido Democrata Liberal Social (SDLP) e o Partido Federação Nacional (NFP) fizeram a oposição com 15 e 3 deputados, respectivamente.

Internacional