PUBLICIDADE
Topo

Ataque contra colégio deixa 4 crianças feridas no Paquistão

24/10/2018 12h24

Islamabad, 24 out (EFE).- Quatro crianças de nove a 12 anos ficaram feridas nesta quarta-feira quando vários homens armados que se deslocavam em duas motos abriram fogo contra um colégio na conflituosa cidade de Quetta, no oeste do Paquistão.

Os agressores, que não foram identificados, atiraram em direção ao portão principal do colégio Danish Kadah de Quetta por volta do meio-dia (horário local, 5h da manhã em Brasília), quando os estudantes estavam nos recreio, informou à Agencia Efe um porta-voz policial da cidade, Sufyan Ahmed.

Ahmed disse que as balas atravessaram as portas e atingiram nas pernas quatro alunos que brincavam no pátio da escola.

Os feridos foram levados a um hospital da região e se encontram em condição estável.

"Aparentemente foi um ato de terrorismo. Os terroristas abriram fogo de forma indiscriminada", afirmou o porta-voz.

Saleem Ahmed Khosa, ministro do Interior da província de Baluchistão, da qual Quetta é a capital, condenou o ataque e prometeu que os envolvidos serão capturados.

As escolas foram alvo dos terroristas nos últimos anos no Paquistão. Segundo um relatório da organização americana Human Rights Watch (HRW) divulgado no ano passado, entre 2007 e 2015 ocorreram 867 ataques contra centros educacionais no país, que deixaram 392 mortos e 724 feridos.

Por sua vez, Quetta é uma das localidades mais conflituosas do Paquistão, com a presença de grupos armados separatistas, facções talibãs e grupos jihadistas.