PUBLICIDADE
Topo

Autoridades russas qualificam de "atentado" explosão em sede regional do FSB

31/10/2018 08h27

Moscou, 31 out (EFE).- Uma pessoa morreu e outras três ficaram feridas nesta quarta-feira depois de uma invasão seguida por uma explosão na sede do Serviço Federal de Segurança (FSB, antiga KGB), na cidade de Arkhangelsk (noroeste do país), informaram fontes oficiais.

"Explodiu uma bomba. Três pessoas foram hospitalizadas. Outra pessoa, cuja identidade está sendo estabelecida, morreu", disse o governador da região, Igor Orlov.

O governador disse que a explosão aconteceu dentro do edifício, perto da entrada, e não em suas imediações, como escreveram alguns veículos de imprensa.

As autoridades russas investigam a ocorrência, na qual o agressor morreu e três oficiais ficaram feridos, como "atentado" e "posse ilegal de armas".

"Foram abertos processos penais por atentado e posse ilegal de armas após a explosão ocorrida na sede do FSB em Arkhangelsk", afirmou em comunicado o Comitê de Instrução do país.

De acordo com as primeiras informações, o agressor era um "aldeão de 17 anos", que invadiu o edifício do FSB portando uma bomba de fabricação caseira.

O ataque, cujas causas estão sendo investigadas, também feriu três agentes, indica o texto.

Previamente, Orlov pediu que as pessoas não tirem conclusões precipitadas para "evitar especulações e provocações".

Ao mesmo tempo, disse que as autoridades tomaram medidas para reforçar a segurança em instituições estatais e locais públicos.

Há duas semanas, outro ataque cometido por um adolescente de 18 anos em um instituto de Crimeia deixou 21 mortos e mais de 40 feridos.