PUBLICIDADE
Topo

Funcionários de mineradora francesa são mortos em ataque no Níger

22/11/2018 18h42

Niamey, 22 nov (EFE).- Oito pessoas morreram em um ataque terrorista contra uma base da mineradora francesa Foraco em Toumour, no sudeste do Níger, a 80 quilômetros de Diffa, a capital do país.

Sete das vítimas trabalhavam para a empresa francesa, e uma para o Ministério de Energia. Além deles, cinco pessoas ficaram feridas no atentado. Os terroristas ainda roubaram cinco veículos no ataque.

Os insurgentes chegaram a cavalo ao local durante a madrugada e abriram fogo contra os funcionários da Foraco, que dormiam dentro de uma base da empresa na Prefeitura de Toumour, o que indica, segundo as autoridades, que o ataque tinha um alvo preciso.

A Foraco tinha contratado uma empresa de segurança para evitar ataques como o de hoje, mas, segundo uma fonte da companhia ouvida pela Agência Efe, os agentes não conseguiram impedir a ação dos terroristas.

Mamadou Arifa, funcionário da Foraco no Níger, confirmou o ataque e revelou que os terroristas levaram uma pessoa como refém. Ele atribuiu o atentado ao grupo jihadista Boko Haram.

A mineradora francesa divulgou um comunicado no qual explicou que os funcionários realizaram uma trabalho de escavação na região para encontrar uma fonte de água para os refugiados de um acampamento montado em Toumour. O local abriga pessoas que fugiram da violência do Boko Haram no Níger e na Nigéria.

A empresa ainda ressaltou que o imóvel escolhido para acolher seus funcionários foi escolhido em acordo com o comando militar responsável pela proteção da região, dando a entender que o ataque também é de responsabilidade do governo do Níger.