PUBLICIDADE
Topo

Operação na Caxemira indiana termina com 6 insurgentes mortos

23/11/2018 06h18

Srinagar (Índia), 23 nov (EFE).- Pelo menos seis insurgentes morreram nesta sexta-feira em uma operação das forças de segurança no sul da Caxemira indiana, no que a polícia qualificou como uma das ofensivas "mais bem-sucedidas" de 2018.

"Em uma das operações mais bem-sucedidas neste ano, por enquanto, seis insurgentes morreram em uma operação lançada ontem à noite contra um esconderijo na encosta da área de Waghama Sutkipora, no sul da Caxemira", indicou a polícia em comunicado.

Uma equipe conjunta do exército e do Grupo de Operações Especiais da polícia local iniciou a ação antes do amanhecer depois de receber informação sobre a presença de insurgentes na área, o que desencadeou um enfrentamento.

"Seis insurgentes morreram durante a feroz batalha", confirmou à Agência Efe Rajesh Kalia, porta-voz do exército em Srinagar, a capital caxemiriana de verão.

As mortes dos insurgentes desencadearam protestos em pelo menos quatro pontos do distrito de Anantnag, onde ocorreram confrontos entre os manifestantes e as forças de segurança.

As tropas dispararam ao ar e utilizaram gás lacrimogêneo para conter o lançamento de pedras por parte dos manifestantes.

A Caxemira indiana, a única região de maioria muçulmana do país e com um grande movimento independentista, viveu uma escalada da violência este ano e é uma das áreas mais militarizadas do mundo com 500.000 soldados em um estado com 10 milhões de habitantes.

O Paquistão reivindica sua completa soberania desde a partilha do subcontinente em 1947 após a época colonial britânica, o que levou os dois países a travar duas guerras e vários conflitos menores por esta região nortista situada aos pés do Himalaia.