PUBLICIDADE
Topo

Conflito entre EI e milícias curdas causou 86 mortes na Síria desde 6ª feira

24/11/2018 18h07

Cairo, 24 nov (EFE).- Os combates entre o grupo jihadista Estado Islâmico (EI) e as Forças da Síria Democrática (FSD), milícias lideradas por curdos, causaram pelo menos 86 mortes desde sexta-feira no nordeste do país, segundo o Observatório Sírio dos Direitos Humanos.

As FSD, aliança apoiada pela coalizão internacional, sofreram pelo menos 47 baixas, enquanto morreram 39 jihadistas, segundo a apuração da ONG.

O Observatório afirma que os jihadistas lançaram neste sábado um grande ataque contra posições das FSD nos arredores do campo de petróleo de Al Tank, situado na província de Deir ez-Zor.

Desde a sexta-feira ocorrem combates nas localidades de Al Bahra e Garanij, localizadas na mesma província, perto do rio Eufrates.

As FSD lançaram uma ofensiva contra o último reduto dos jihadistas em Deir ez-Zor em setembro e os combates têm se agravado nas últimas semanas.